Obsol.essência

Naquele momento de reflexão, ela percebeu que não pertencia mais àquele mundo. A geração atual, diferente da sua, vive em uma velocidade e superficialidade que a deixa completamente transtornada. Para esta nova prole do darwinismo tecnozoico, que já nasceu sabendo ler algo codificado binariamente desde o útero, tudo é muito volátil e perecível, principalmente as relações afetivas. Ela não era assim e os seus também não são, mas, neste alvorecer de uma nova era, ela se sentia velha e acabada, como se testemunhasse o funeral da sua relevância para o mundo. Ela pensou tudo isso enquanto, ao som de palmas bem calorosas, assoprava as velas de seu bolo.

Ela estava completando 18 anos.

Anúncios

5 respostas em “Obsol.essência

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s