Lázaro

Um espirro seguido de tosse me fez despertar e liberar a pressão em minhas narinas. Sinto que alguma coisa as obstruía, como um algodão ou coisa do gênero. Ainda deitado em meio aos panos perfumados que me cobrem, sinto todos os músculos do meu corpo doloridos. A tosse é incontrolável e a respiração é difícil, como se os pulmões estivessem parados há um certo tempo. O cheiro de mirra é nauseante. Ao tentar me levantar, a pernas falham e, em meio à escuridão, eu caio no chão.

Prostrado no solo arenoso, me desfaço de parte dos panos e tento engatinhar até o filete de luz oriundo de uma passagem semi-aberta dessa espécie de gruta. Ouço que, do lado de fora, uma voz repete um certo nome, mas não sei se é comigo. Mesmo assim, me levanto e saio.

Ao sair da gruta, uma luz me corta os olhos e me causam uma dor lancinante, mas aos poucos vou me acostumando e percebo que há muita gente ao meu redor me olhando baratinadamente. Todos estão com uma expressão extrema de surpresa, como se estivessem presenciando um milagre.  Em minha frente, um homem de vestes brancas e expressão cândida está com os braços estendidos na minha direção. Era ele quem clamava do lado de fora.

Ao lado da figura messiânica, uma senhora curvada pela dor e com os olhos avermelhados caminha em minha direção, com uma expressão que não sei se é de júbilo ou pânico. Na minha frente, a mulher acaricia o meu rosto e se ajoelha aos meus pés, dizendo “Lázaro, Lázaro, meu filho, você voltou, você voltou!”. Eu, encabulado e comovido, lhe pego pelos braços e a abraço. Em seguida, todos os que estão à minha volta chegam perto de mim e me abraçam em acolhida coletiva, sempre repetindo a mesma coisa. “Lázaro, você está de volta”, “É um milagre!”, “Meu irmão!” Me sinto como se estivesse voltado de uma viagem ou despertado de um sono profundo, mas agora estou de volta e entre os meus, o meu povo, a minha família. Prometo que jamais os deixarei de novo sem mostrar que eu realmente amo todos, um a um.

Talvez, amanhã eu até procure saber quem é esse tal de Lázaro.

Anúncios

Uma resposta em “Lázaro

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s