Errolução

Nutro um carinho especial pelas palavras pomposas que aparecem grafadas de forma errada por aí. Aquelas que, mesmo nascidas em berço de ouro e que subitamente, por uma distração orquestrada pela providência, pela pura falta de ciência ou pela simples presunção de se fazer inteligente através de uma aristocracia verborrágica (como as gratuitas e recentes aclamações ao sobrenome mais famoso do filósofo alemão Friedrich Wilhelm), acabam desabando para a classe mais baixa da ortografia. Nessa nova realidade, essas exiladas se juntam à outras párias da comunicação que, mesmo ignoradas pelo cânone do dicionário, se tornam parte da massa febril que é entendida pelos mais humildes, assim, sonhando em também serem reconhecidas como linguagem. Ironicamente, é justamente nesta estância em que se perdem é que essas palavras se encontram.

A palavra pomposa, quando é grafada errada, cheguevara-se.

Anúncios

Uma resposta em “Errolução

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s