Da janela do carona

Da janela do carona, eu conto os carros que passam. Da janela do carona, eu conto as cores dos carros que passam. Da janela do carona, eu conto as placas que passam. Da janela do carona, eu conto as placas dos carros que passam. Da janela do carona, eu conto as cores das placas dos carros que passam. Da janela do carona, eu conto as pessoas que passam. Da janela do carona, eu conto as cores das pessoas que passam. Da janela do carona, eu conto as cores das pessoas dos carros que passam. Da janela do carona, eu não vejo meu carro. Da janela do carona, eu não vejo minha placa. Da janela do carona, eu não vejo minha cor.  Da janela do carona, eu anseio conduzir.

Anúncios

2 respostas em “Da janela do carona

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s