Rezista

Sonhei que trabalhava como rezista. Sim, isso mesmo. Nada de rezeiro ou rezadeiro. Rezista. O profissional especializado apenas na redação. Eu trabalhava no texto das rezas e orações. Era só me dar o tema a ser clamado que eu criava um texto objetivo para que Deus não deixasse as leituras de lado, lesse com preguiça ou rápido demais, na diagonal, e interpretasse errado.

Neste sonho, alguém entrou no meu escritório e  me perguntou se eu não me envergonhava em trabalhar para algo que não existe de fato e que enganava as pessoas com promessas vazias, cooptando-as não pela sua fé verdadeira, mas pelo seu puro medo de sofrer no futuro. Eu disse que não. Não tinha a mínima vergonha.

Eu ainda tinha fé no livre mercado.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s