Cabeçada em muro chapiscado

Vinte e três vezes repetiu seu próprio nome no fundo da xícara

e a borra só lhe mostrava o passado

neste monólogo entre dois

.

Coadjuvado de ouvidos roucos

a voz racional de seu latido

indicou-me que a retórica

é a cracolândia da conversa

.

E a ironia fast food

me estilingou no peito:

“Amor? É de comer?”

apenas sorri

.

Não sabia que todo amor é

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s